Sardemberg, o maior cascateiro de 2015!

Carlos Alberto Sardemberg superou Merval Pereira, Lauro Jardim e outros concorrentes de escol e conquistou o King of the Kings como o maior cascateiro de 2015, obtendo 72 (8%) dos 960 votos (recorde absoluto) concedidos aos 25 concorrentes ao prêmio. Merval ficou em segundo, com 61 votos (6%), com Cristina Tardáguila (na época da publicação da matéria, no Globo), por “Lula confessa a Mujica que sabia do Mensalão”, ficando em terceiro (54 votos, 6%). O King of the Kings é o único prêmio do país a reconhecer o esforço dos coleguinhas que, com suor e lágrimas, se dedicam, dia a dia, a avacalhar o jornalismo brasileiro.

Do resultado final, duas surpresas: que a barriga de Lauro Jardim dizendo que Fernando Baiano tinha implicado Lula na Lava-Jato – que levou a uma inédita correção de primeira página – tenha ficado apenas em 11˚ lugar; e que uma cascata regional como a TV Globo dizendo que a tinta vermelha da ciclovia de São Paulo manchava os carros tenha ficado numa honrosa quinta colocação.

Com os meus parabéns a todos os envolvidos em todas as cascatas concorrentes, informo a  a colocação final do King of the Kings – 2015:

 

  1. Carlos Alberto Sardemberg culpa Lula e Dilma pela crise da Grécia (CBN) – 72 votos (8%)
  2. Merval prevê “caminho livre para golpe” e STF, SQN (O Globo) – 61 (6%)
  3. Lula confessa a Mujica que sabia do Mensalão ( O Globo) – 54 (6%)
  4. Reuters pede aprovação de FHC para publicar que a corrupção na Petrobras começou no governo dele/ Lula tem tríplex no Guarujá dado por empreiteira da Lava-Jato (O Globo) – 52 (5%)
  5. Tinta vermelha de ciclovia mancha carros em São Paulo (TV Globo) – 51 (5%)
  6. Barriga de Lauro Jardim provoca admissão de erro do Globo na primeira página – 50 (5%)
  7. Época diz que problemas políticos de Dilma se devem à falta de sexo – 47 (5%)
  8. Lula pede “habeas corpus“ para não ser preso na Operação Lava-Jato (Folha) – 46 (5%)
  9. Irmãos Marinho tentam mostrar que Globo não ajudou a Ditadura de 64 (Valor) – 45 (5%)
  10. Lula está com metástase (UOL) – 43 (4%)
  11. Corrupção desviou R$ 88 bilhões da Petrobras (Folha)/ Sonegação da Operação Zelotes é maior que a corrupção na Petrobras, mas mídia não está nem aí (Todos) – 38 (4%)
  12. Bill Gates processa a Petrobras (Vários) – 37 (4%)
  13. Ciência sem Fronteiras não paga bolsa de estudantes (TV Globo) – 35 (4%)
  14. Venezuela veta entrada de senadores brasileiros (O Globo) – 34 (4%)
  15. CBN tenta culpar Haddad por denúncia sobre irmão de secretário de Alckmin – 31 (3%)
  16. MP investiga Lula por fazer lobby no BNDES (Época) – 31 (3%)
  17. Escondendo Cunha (Folha) – 30 (3%)
  18. Repórter assedia adolescente sobrinho de Lula (Veja) – 29 (3%)
  19. Lula forçou Petrobras a patrocinar escolas de samba do Rio (Valor) – 28 (3%)
  20. Manchete do Globo de 16 de março (O Globo) – 23 (2%)
  21. Petrobras cria empresa de fachada para construir gasoduto (O Globo) – 20 (2%)
  22. Coleguinhas “esquecem” de ouvir advogada da Odebrecht que encontrou ministro (Todos) – 13 (1%)

Chegou a hora! Escolha a maior cascata de 2015!

Após um ano inteiro e oito seletivas, das quais participaram 38 concorrentes de altíssimo (ou baixíssimo) nível, finalmente você terá a oportunidade de escolher a maior cascata de 2015. Ela conquistará o King of the Kings, único prêmio a reconhecer os coleguinhas que, arduamente, dia a dia, se esfalfam para esculhambar o jornalismo brasileiro.
Como sempre, antes da lista das finalistas, vamos às regras, que são bem simples:

1. Você poderá escolher até 15 (quinze) concorrentes.
2. A votação terminará domingo que vem, dia 17.

Antes da apresentação oficial, uma dica da organização: normalmente, as cascatas mais recentes levam certa vantagem por estarem mais fresquinhas na cabeça. Para equilibrar um pouco, tente lembrar do impacto (ou não) que a cascata teve quando você a leu e como ela repercutiu à época.

Então (rufar de tambores!), aqui estão as finalistas do King of the Kings-2015!

  1. Corrupção desviou R$ 88 bilhões da Petrobras (Folha)
  2. Lula está com metástase (UOL)
  3. Petrobras cria empresa de fachada para construir gasoduto (O Globo)
  4. Reuters pede aprovação de FHC para publicar que a corrupção na Petrobras começou no governo dele
  5. Repórter assedia adolescente sobrinho de Lula (Veja)
  6. Manchete do Globo de 16 de março (O Globo)
  7. Coleguinhas “esquecem” de ouvir advogada da Odebrecht que encontrou ministro (Todos)
  8. Tinta vermelha de ciclovia mancha carros em São Paulo (TV Globo)
  9. Lula forçou Petrobras a patrocinar escolas de samba do Rio (Valor)
  10. Sonegação da Operação Zelotes é maior que a corrupção na Petrobras, mas mídia não está nem aí (Todos)
  11. CBN tenta culpar Haddad por denúncia sobre irmão de secretário de Alckmin
  12. Irmãos Marinho tentam mostrar que Globo não ajudou a Ditadura de 64 (Valor)
  13. Lula confessa a Mujica que sabia do Mensalão( O Globo)
  14. Ciência sem Fronteiras não paga bolsa de estudantes (TV Globo)
  15. MP investiga Lula por fazer lobby no BNDES  (Época)
  16. Carlos Alberto Sardemberg culpa Lula e Dilma pela crise da Grécia (CBN)
  17. Lula pede “habeas corpus“ para não ser preso na Operação Lava-Jato (Folha)
  18. Venezuela veta entrada de senadores brasileiros (O Globo)
  19. Romário tem conta escondida em banco suíço (Veja) 
  20. Época diz que problemas políticos de Dilma se devem à falta de sexo
  21. Lula tem tríplex no Guarujá dado por empreiteira da Lava-Jato (O Globo)
  22. Escondendo Cunha (Folha)
  23. Barriga de Lauro Jardim provoca admissão de erro do Globo na primeira página
  24. Merval prevê “caminho livre para golpe” e STF, SQN  (O Globo)
  25. Bill Gates processa a Petrobras (Vários)

Lauro Jardim e Merval na final do King of the Kings – 2015

As últimas três concorrentes à edição 2015 King of the Kings, prêmio que reconhece o quanto os coleguinhas e os veículos brasileiros batalham para detonar o jornalismo brasileiro, estão escolhidas. Não houve grandes surpresas – as duas favoritas se classificaram com tranquilidade e a presença da terceira também não é absurdo. Confira a classificação da etapa:

1. Barriga de Lauro Jardim provoca admissão de erro do Globo na primeira página – 40 votos (34% do total)

2. Merval prevê “caminho livre”para golpe e STF, SQN – 31 (26%)

3. Bill Gates processa a Petrobras (Vários) – 17 (14%)

4. Globo confunde Merval com FHC – 15 (13%)

5. Folha republica barriga da Veja sobre filho de Lula – 15 (13%)

Foram computados 118 votos.

Mesmo que não vença a competição, Lauro Jardim merece, desde já, menção honrosa por estabelecer um recorde: é o primeiro coleguinha a ter duas cascatas na final por dois veículos diferentes, Veja e O Globo (a outra foi a da conta do Romário na Suíça).

A finalíssima, com nada menos do que 25 concorrentes de alto (ou baixo, aí depende de você) nível será realizada durante a semana que vem. Fique atento/a!

Oitava (e última) seletiva para a final do King of the Kings – 2015

Esperei até o último momento, pois já teve ano que os coleguinhas arrumaram uma cascata braba em 27 de dezembro, mas eis que chegamos à última seletiva para as concorrentes à maior cascata de 2015, mas adiantei a publicação em um dia por ter que viajar logo mais. Com a edição da Lei 13.188, da do Direito de Resposta, ocorreu um fenômeno nada surpreendente: o número cascatas caiu drasticamente. Ainda, assim cinco estão aqui, mas antes, vamos recordar as regras, que, dessa vez, se reduz a apenas duas:

1. Você pode votar em até três (3) concorrentes.

2. A votação termina no domingo que vem (03/01/2016), ao meio-dia.

Assim, caros e caras, vamos às últimas pré-candidatas ao King of the Kings!

Globo confunde Merval com FHC

Bill Gates processa a Petrobras (Vários)

Barriga de Lauro Jardim provoca admissão de erro do Globo na primeira página

Folha republica barriga da Veja sobre filho de Lula

Merval prevê “caminho livre para golpe” e STF, SQN

 

 

Cascata da Reuters com FHC vence segunda seletiva para o KofK-2015

Com quase o dobro do número de eleitores participantes em relação à primeira, chegou ao fim a segunda seletiva para o King of the King-2015. Com 26% dos 103 votos atribuídos, a vencedora foi uma barbada: o oferecimento da Reuters a FHC para deixar de fora de uma matéria a menção de que a corrupção na Petrobras começou no governo dele e não no do PT, como os tucanos (e os veículos de comunicação) fingem que aconteceu. A segunda colocada ficou com um caso de polícia, o assédio de um “repórter” da Veja a um sobrinho adolescente de Lula. Veja abaixo as seis cascatas que garantiram sua presença na final do KofK-2015 marcada para janeiro de 2016.
1. Reuters pede aprovação de FHC para publicar que a corrupção na Petrobras começou no governo dele. (27 votos – 26%)

2. Repórter assedia adolescente sobrinho de Lula (Veja) (20, 19%)

3. Manchete do Globo de 16 de março (14, 14%)

4. Coleguinhas “esquecem” de ouvir advogada da Odebrecht que encontrou ministro (Todos): (11, 11%)

5. Tinta vermelha de ciclovia mancha carros em São Paulo (TV Globo): (11, 11%) http://vadebike.org/2015/03/tinta-ciclovia-av-paulista-manchou-asfalto/

6. Lula forçou Petrobras a patrocinar escolas de samba do Rio (Valor) (8, 8%)

Das quatro candidatas que não se classificaram, três – “Artistas têm nomes na lista do HSBC” (O Globo e UOL), “Lula desmente manchete do Estado de São Paulo” (Estadão) e “Mãe de Taylor Swift proíbe filha de fazer show no Brasil” ( O Globo) – voltam na próxima seletiva, para a repescagem. Já “Sabesp já tem plano para aplicar racionar água em São Paulo” (Folha) está eliminada por não ter se classificado pela segunda vez. A repescagem foi instituída este ano devido ao grande número – e a qualidade (ou falta de ) – de cascatas dos coleguinhas, o que prejudicava boas cascatas perpetradas no início do ano em detrimento das que eram veiculadas mais para o fim. Um exemplo de que essa foi uma boa ideia é que a sexta colocada da segunda seletiva – “Lula forçou Petrobras a patrocinar escolas de samba do Rio” (Valor) – não se classificou na primeira.

O King of the Kings é o único prêmio do país a reconhecer o esforço dos coleguinhas em prol da avacalhação do jornalismo brasileiro e começou a ser atribuído, de forma mais organizada, em 2008, A lista das cascatas vencedoras está na aba “Hall da infâmia do King of the Kings” lá em cima.

Já começou a corrida pelo King of the Kings-2015

Todo ano é a mesma coisa: nem bem se completa a primeira semana de votação do King of the Kings do ano anterior, já aparecem as primeiras cascatas do ano corrente. Em 2015, já foram três, brabas, e nem terminamos a primeira quinzena de janeiro, prenunciando um ano tão cascateiro quanto o ano aquele que passou, de eleição.
Assim é que vou inovar este ano. Para evitar esquecer alguma cascata mais caudalosa – uma crítica recorrente e que, este ano, foi externada em vários comentários no Jornal GGN, do Luis Nassif, onde o Conselheiro Adir Tavares postou o início do pleito de 2014 – e, ao mesmo tempo, permitir uma escolha de concorrentes mais democráticas, em 2015 reunirei as cascatas a cada dois ou três meses a fim de que sejam escolhidas duas ou três para a escolha da integrante de 2015 do “Hall da Infâmia do King of the Kings”. Agora, tenho um pedido: como há profusão de cascatas e não tenho tempo de acompanhar todas, peço que, quem puder, indique as que vir para que eu possa colocá-las em votação. Pode ser? Valeu!
Então para começar, aqui vão as três primeiras pré-candidatas ao king of the Kings- 2015 (depois a ponho em votaçã0o, segundo a nova metodologia, ok?):

1. Petrobras cria empresa de fachada para construir gasoduto ( O Globo) – A estatal seguiu uma lei existente a respeito de Sociedades de Propósito Específico (SPEs), um maneira de unir o Estado à iniciativa privada existente desde a década de 90. Mas o jornal dos Marinho ignorou tudo isso.

2. Lula está com metástase (Leandro Mazzini, UOL) – Esse colunista é considerado meio pancada, mas dessa vez extrapolou e simplesmente expressou seu desejo de ver o ex-presidente morto em forma de “notícia” e acabou desmentido por nota do Hospital Sírio-Libanês, assinada por cinco médicos.

3. Lula forçou Petrobras a patrocinar escolas de samba do Rio (Valor) – A “revelação” é algo que foi noticiado em entrevista coletiva pelo então governador fluminense, Sérgio Cabral, e pelo então ministro da Cultura, Gilberto Gil, sem maiores repercussões simplesmente porque é uma prática utilizada de há muito pelos governantes (se certa ou errada, é outra questão). Tanto que foi utilizada pelo tucano Tasso Jereissati em 1995, quando o governo do Ceará patrocinou o enredo da Imperatriz Leopoldinense “Mais vale um jegue que me carregue, que um camelo que me derrube…Lá no Ceará”. E já naquele momento, as escolas de samba carioca era ligadas aos bicheiros, como “descobriu” a matéria do Valor.

O lado B de Pasadena

Confesso que não estou prestando atenção nesse caso da refinaria de Pasadena – me parece mais um daqueles rebentos eleitorais que morrem de inanição antes mesmo do pleito – por isso não sei dizer se esses números aqui foram mencionados nas matérias (e se o foram, com que destaque). Foram?