Terceira seletiva do Prêmio Marcos de Castro de Bom Jornalismo na Internet

As notícias sobre nossas mortes foram muito exageradas

Não vou nem me dar ao trabalho de negar. Sim, ficar atento e escolher as matérias para concorrer ao Prêmio Marcos de Castro de Bom Jornalismo na Internet está me dando prazer, ao contrário do que acontece com aquelas que disputam o King of the Kings, que elege as maiores cascatas do ano. É bem explicável isso, creio – prefiro, como a maior parte das pessoas, o que é bom ao que é ruim. Assim, foi muito legal, mais uma vez, garimpar as 15 matérias para participar da terceira seletiva visando a final de janeiro de 2018.

Antes de passar a elas, vamos às regras:

1. Você pode votar em 8 concorrentes.

2. Das sete não classificadas, quatro (do 9º ao 12º lugar) voltam para a quarta e última seletiva.

3. A votação vai até 29 de outubro. O prazo é de duas semanas, uma a mais do que normal, para que você tenha tempo de ler as matérias e votar conscientemente. Por favor, leia todas. Você não se arrependerá – vai gostar tanto quanto eu de lê-las.

Às concorrentes agora:

Alunos elegem “vadia da semana” e fazem bullying via whatzap (AzMina)

O capitão comunista da PM (Socialista Morena)

A confraria do vinho que une Aécio a Cabral (Agência Sportlight)

Indígenas denunciam assédio sexual no SUS (AzMina)

O Caso Rafael Braga (Justificando/Ponte Jornalismo)

Domésticas filipinas são escravizadas em São Paulo (Repórter Brasil)

Bala perdida (Agência Pública)

Os sorteios do Supremo (Jornal GGN)

Janot recebe aluguel com auxílio-moradia que ajudou a conceder (Poder360)

A origem da mentalidade autoritária da Lava-Jato (Brasil de Fato)

Como é produzida no Paraguai a maconha fumada no Brasil (Agência Pública)

Os guarani-kaiowá estão morrendo de fome (Colabora)

Comandante da Guarda Municipal de São Paulo libera uso de bombas contra manifestantes (Jornalistas Livres)

Auditoria mostra que são mesmo os empresários de ônibus que mandam no transporte do Rio (Agência Pública)

As relações de Gilmar Mendes com o site Consultor Jurídico (Agência Pública)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s