Começa a eleição da maior cascata de 2014!

Em sua sétima edição consecutiva (houve outras, intermitentes, em alguns anos desde 1996), o King of the Kings continua a ser o único prêmio do Brasil a reconhecer matérias, veículos e profissionais que se esmeraram, com todo o seu talento e pertinácia, a enganar, engabelar, ludibriar e fazer de idiotas seus leitores, telespectadores e ouvintes, usando de todos os artifícios que existem (ou puderam ser inventados) para manipular, distorcer e esconder os fatos.

Quinze são as concorrentes ao prêmio em 2014. Poderiam ser muitas mais, mas fui rigoroso na seleção porque um grande número poderia confundir os eleitores e prejudicaria a votação, talvez até mesmo ensejando injustiças contra coleguinhas que tanto se esforçaram para avacalhar a profissão. Mas como sou um cara democrático, esse ano deixei aberta a possibilidade de você incluir a sua cascata favorita na roda – só que não sei bem como o WordPress var tratá-la (se vai permitir que seja votada, por exemplo), daí fica por sua conta e risco.

Como tem acontecido nas edições anteriores, em reconhecimento ao nível (alto ou baixo, pode escolher) das disputantes, você poderá votar em cinco delas. O resultado será divulgado daqui a duas semanas, no domingo 18. Assim, você terá tempo de recordar as cascatas mais antigas, do início do ano, para votar com mais base, evitando a tendência que temos de sufragar as cascatas mais recentes por estarem fresquinhas em nossa memória. Um outro auxílio ao voto consciente é a lista com links remetendo aos posts de apresentação das concorrentes, logo acima da cédula eleitoral.

Caso seja a primeira vez que você esteja votando e deseje conhecer a história de criação do KofK, poderá fazê-lo na aba “’Hall da infâmia’ do King of the Kings”, lá em cima.

Assim…
QUE COMECE O PLEITO!

Anúncios

3 comentários sobre “Começa a eleição da maior cascata de 2014!

  1. Só pra implicar, e juro que não votei no Aecio, a maior cascata foi Dilma dizer que nem que a vaca tussisse ela ia mexer, etc…

    • Ainda bem que o prêmio se restringe ao jornalismo. Se fosse na política, teria que ser semanal. 🙂

  2. Já votei!

Os comentários estão desativados.