Acerto de contas?

O caderno especial do Globo sobre os 50 anos do Golpe de 64 merece aplausos pelas revelações inéditas. No entanto, me deixou com certa pulga atrás da orelha: fiquei com a impressão de que o jornal está tentando botar toda culpa pelo golpe e as atrocidades cometidas durante a vigência da ditadura exclusivamente na conta dos militares.

Não há dúvidas de que foram os principais responsáveis pela tortura e matança, mas não se deve esquecer que sem o apoio de lideranças civis, eles não teriam se sentido tão seguros para fazer o que fizeram. E nunca é demais lembrar que O Globo – o principal veículo pertencente a Roberto Marinho, na épocae – apoiou integralmente e sem vacilar o regime. Não só em 1964, como se tentou vender ano passado, como muito tempo depois, conforme se pode lembrar aqui.

Um comentário sobre “Acerto de contas?

Os comentários estão desativados.