As Organizações Globo e a Santa Madre Igreja

Uma das instituições que mais admiro é a Igreja Católica. Sou apenas um tanto católico – do tipo “não praticante”, saca? – mas a admiração é mesmo porque adoro História (ainda vou fazer o meu mestrado, você vai ver):  tenho que respeitar uma instituição que está há mais de 2.000 anos vendendo, para um público imenso, um produto que você só saberá se existe e se é o que lhe prometeram quando não puder mais apelar para Código de Defesa do Consumidor.

Um dos pilares desse sucesso é que quase sempre, especialmente nos momentos mais conturbados da História, a Santa Madre consegue estar dos dois lados que se digladiam (ok, não funcionou na Revolução Russa, mas esse foi mais um ponto fora da curva do que a regra). Algo realmente admirável que quase foi perdido quando do longo pontificado daquele agente toupeira polonês (aqui). E parece ser precisamente isso que as Organizações Globo pretendem fazer com essa convocação de artistas, por meio de um vídeo, para uma manifestação em frente ao Fórum, aliás um local estranho, complicado para aglomerar pessoas, ao contrário da Candelária ou da Cinelândia.

Todo o vídeo é esquisito, por falar nisso, mas o meu momento favorito é quando Camila Pitanga e a Georgiana Goés falam que a imprensa está manipulando as informações e tachando todos de vândalos. E quem é mesmo essa imprensa? Maravilha, não?

Enfim, mesmo com um pé atrás, vamos ver no que dá quinta-feira e se a Mariana Ximenes e outros vão estar lá. Se forem, pelo menos quórum na manifestação do Fórum (haha) vai ter.

P.S.:  Essa manifestação terá uma vantagem extra para os coleguinhas das OGs. É que, nas outras, eles tomam porrada dos manifestantes, mas nessa, como o pessoal é da casa, poderão cobri-la na santa paz do Senhor.

Anúncios