Tirando a escada

Edificante nota na coluna Panorama Político, do Globo, hoje. O colunista afirma que a oposição usou a demonização como estratégia para vencer as eleições municipais e vê, agora, na reta final, os candidatos petistas avançando e ameaçando os candidatos da oposição, prenunciando o fracasso da iniciativa.

É muita cara-de-pau, né? Quem ditou essa estratégia para tucanos, demos e quejandos foram os próprios veículos de comunicação. Os partidos de oposição, coitados, completamente perdidos por não terem projeto, discurso e nem liderança, simplesmente se agarraram a ela como tábua de salvação.

Agora, que a jogada pode não dar certo, os veículos e os coleguinhas estão puxando a escada e deixando a oposição segurando na broxa. Só que a armação ainda pode funcionar depois do carnaval que haverá com a condenação do Zé Dirceu e do Genoino pelo Joaquinzão – especialmente em São Paulo e BH – e aí os malandros voltarão a enaltecer a demonização

A lição é clara: não se pode confiar em barão da mídia e nem em jornalista. A oposição, porém, claro não vai aprendê-la.

2 comentários sobre “Tirando a escada

  1. São arrogantes. Acham que sabem tudo de política e que o povâo é um bando de idiotas. Mesmo com um mensalão em pleno período eleitoral, eles não farão “barba, cabelo e bigode”, muito pelo contrário. O cenário político para eles só não está pior por causa desse julgamento e de brigas fratricidas do PT em algumas capitais. O “Quatro Dedos” deixou um legado político-eleitoral junto as classes menos privilegiadas que não tem estratégia midiática que derrube. Devido a isso, após a eleição, começará, de forma raivosa e desesperada, um processo de desconstrução da imagem do Lula, na esperança de chegarem em 2014 com alguma chance eleitoral. SE não conseguirem êxito, o DEM e o PR desaparecerão de vez, e o PSDB, perdendo a capital paulista e, depois, o Estado de SP, vai virar nanico.

  2. É aquele comentarista que diz que o time pode ganhar, perder ou até empatar.

Os comentários estão desativados.