Preguiça matemática

Esporte e preguiça não deviam rimar, certo? Pois isso ocorre quando se fala de cobertura esportiva. Não é que, nessa literal altura do campeonato, os jornais voltam a abrir espaço pro tal “matemático” Tristão Garcia? Ele aparece para dizer que o Maior Clube de Todos os Universos tem 78% de chances de ser campeão brasileiro.

Como é que ele chegou a esse percentual? Da mesma maneira que, há três anos, também faltando exatamente 11 jogos para o fim da competição, ele previu que o MCTU tinha 98% de chances de ser rebaixado? Os coleguinhas do esporte não são capazes de pensar nenhuma mais pauta mais criativa, não?

7 comentários sobre “Preguiça matemática

  1. Pois é, absurdo. Pra mim tem 99% de chances. Parabéns, tetracampeão!

    • O Rio vai virar Atacama, tamanha a secaçāo. Ainda bem que todo tricolor, desde que é tocado pela Graça e se torna torcedor do Maior Clube de Todos os Universos, conhece a máxima que nos define: “Quanto mais fácil parece, mais difícil será”.

      • Os tricolores estão muito arrogantes. A soberba é inimiga da vitória. Vamos Galo, atropela. Neste final de semana, o FOGÃO vai ajudar.

        • Assim é que eu gosto! Gente torcendo contra abertamente! Mas nem por isso retirarei as sandálias da humildade até porque sei que a cachorrada, liderada pelo mastim holandês, é favorita sábado.

      • Cínico. Não me venha com falsa modéstia. O jovem Dória vai anular o bebum e a estratégia, horrorosa, de jogar na retranca e no contra-ataque, irá por água abaixo.

        • Também acho que o Dória dará um excelente zagueiro – assim como o nosso Wellington, que ainda está nos juniores – e bem pode anular o artilheiro do Brasileiro. Na verdade, as minhas poucas esperanças de vitória diante de tão poderosa equipe residem no companheiro de zaga do Dória… Mas, admito, é pouco para enfrentarmos este supertime, de padrão internacional.

        • É, o garoto bom de bola anulou mesmo o caipiFred, Wilson. Em 89 minutos.

Os comentários estão desativados.