Exagero regionalista

A mídia regional é essencial para um país enorme como o nosso, não se discute. Como também, creio, não há discussão que, dos três pilares da notícia – ineditismo, intensidade e proximidade -, o último tem precedência. Por isso, é aceitável, e até mesmo correto, que os veículos de uma região procurem ângulos que aproximem seu leitor/telespectador/ouvinte de notícias importantes, mas distantes.

Deve ter sido seguindo esse raciocínio que os editores do Zero hora On Line, do Rio Grande do Sul, publicaram matéria com um gaúcho que assistiu à estreia de “Batman, o Cavaleiro das Trevas ressurge” nos Estados Unidos, na noite do massacre de Aurora. Só que os coleguinhas exageraram. Leia o lide da matéria e veja o porquê:

“Sempre tem um sujeito com distúrbio mental e acesso a armas”, diz gaúcho que assistia à estreia Batman em uma sala americana.

Estudante de doutorado em Linguística viu o filme em sala lotada em Michigan
O doutorando de Linguística Gabriel Roisenberg Rodrigues, 33 anos, de Porto Alegre, estava em uma sala de Michigan assistindo à sessão inaugural do novo filme de Batman. Só não era o mesmo horário em que ocorreu a tragédia do Colorado porque há uma diferença de duas horas no fuso horário. Mesmo estando nos EUA, Rodrigues ficou sabendo do episódio quando retornou para casa, foi comer alguma coisa e ligou a Rádio Gaúcha no seu Iphone. Confira trechos da entrevista para Zero Hora: (…)”

Ou seja, Gabriel não só não estava no cinema Century 16, como não assistiu o filme na mesma hora em que ocorria o massacre e sequer estava no estado em que ele aconteceu (Colorado).

No fim, uma alma um pouco menos regionalista retirou a notícia do site e, por isso, não pude obter o “print screen” da tela (ficou só a pista no endereço html da página). Pena.

ATUALIZAÇÃO: Graças à habilidade googleana do amigo JP, eis o “print” da brilhante matéria (e quem quiser ler a íntegra da preciosidade, clique aqui) :

Exagero à gaúcha

Anúncios

5 comentários sobre “Exagero regionalista

  1. Para visualizar a página cache desta notícia incrível há a ferramenta do Google Cache. No campo de pesquisa digite “Cache: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/mundo/noticia/2012/07/sempre-tem-um-sujeito-com-disturbio-mental-e-acesso-a-armas-diz-gaucho-que-assistia-a-estreia-batman-em-uma-sala-americana-3827572.html

    A última pergunta da matéria é a melhor de todas!

    ZH — Qual a sensação de ficar sabendo que ocorreu o que ocorreu durante a projeção do mesmo filme que você estava vendo, no mesmo horário, em outro lugar, mas no mesmo país?

  2. Eu tenho o printscreen da notícia 😀

  3. Esta matéria foi para “O Bairrista” sem modificações! 😛

  4. Tem aqui também: http://sergyovitro.blogspot.com.br/2012/07/mesma-sessao-outro-estado.html

    Essa última pergunta também acho insuperável. Mas também gostei disso aqui:

    ZH — Como é que você ficou sabendo do que havia ocorrido?
    Rodrigues — Cheguei em casa. Eu estava cansado e decepcionado com o filme, porque eu estava com muita expectativa, provavelmente. Cheguei aqui, peguei alguma coisa para comer e estava tão tarde… Eram cinco da manhã Fui ouvir a Rádio Gaúcha e fiquei sabendo pela Rádio Gaúcha.

Os comentários estão desativados.