Temos um recorde

Essa história do encontro entre N-D e o Gilmar Mendes nem bem começou e já bateu todos os recordes de maluquices da história política recente do país. De todas, escolhi as três para que me pareceram mais doidas:

1. O encontro com N-D aconteceu em fins de abril, certo? Então por que Gilmar só foi revelá-lo só um mês depois? Se ficou tão indignado como se declara agora, teria que sair gritando a indignação pelas ruas, não?

2. Mendes é um dos juízes que julgará o menaslão. N-D jura por todos os santos que o mensalão foi uma armação da mídia contra seu governo. Então por que Mendes foi encontrar o N-D? Qual ele esperava que fosse o tema do papo? A campanha do Corinthians na Libertadores?

3. Com tanto lugar para acontecer, por que o tal encontro foi marcado exatamente para o escritório do Nélson Jobim, sujeito conhecido por sua incontinência verbal?

Anúncios