De repente, jornalismo!

O jornalismo anda um pouco combalido, mas ainda vive e manda lembranças por meio do livro “Memórias de uma guerra suja”, de Rogério Medeiros e Marcelo Netto, e das matérias sobre ele, publicadas no jornal iG. Após ler as matérias me ficaram algumas dúvidas:

1. Quem vai ganhar os prêmios Esso e Embratel – o livro ou o furo do iG?

2. Os militares vão continuar tentando esconder o sol com a peneira e não vão nem ao menos pedir desculpas ao povo brasileiro?

3. Como empresas jornalísticas que apoiaram a ditadura e têm tentado limpar sua barra nos últimos anos – mais especificamnte as Organizações Globo e o Grupo Folha – vão noticiar o livro e o seu conteúdo? Aliás, vão demorar quanto tempo para noticiar? O Globo até começou bem, pois o João Bastos Moreno mandou uma cifradinha na coluna dele, sábado passado. Vamos ver como avança.

Enquanto esperamos as respostas a essas perguntas (e a outras que devem surgir no caminho), dê uma olhada nas matérias do iG: aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

Anúncios