Amigos do peito

O editorial do Globo que fala da visita de Dilmão a Angelão (abaixo) é tremendamente instrutivo. Ele demonstra, com uma clareza e precisão quase matemáticas, quais são os reais compromissos do jornal. Ao ligar a crítica da Dilma ao “tsunami financeiro”, que ameaça o mundo com inflação e (nos países emergentes e pobres também com o desemprego),  à necessidade de salvação dos bancos, o jornal dos Marinho tira a máscara de defensor do cidadão comum – expresso em matérias indignadas contra o descaso na saúde e em colunas criticando os altos preços dos ingressos para a Copa do Mundo, entre outras – e mostra quais os reais interesses que defende.