Nacionalmente paulistana

Parece que, afinal, teremos alguma animação nas eleições municipais marcadas para outubro. Com a entrada de José Serra na campanha pela prefeitura de São Paulo, o pleito ganha emoção, pelo menos na capital paulista. A disputa também provocará as costumeiras cascatas e análises malucas do colequinhas, que tanto nos divertem.

A primeira análise doida, aliás, já está rolando. É a tal “nacionalização” da eleição paulistana. É certo que estarão lá brigando Serra e Nove-Dedos, este representado pelo cambono Fernando Haddad, mas não haverá nacionalização alguma dos assuntos a serem debatidos, pelo menos se tiver sobrado algum bom-senso ao Serra.

Veja, qual o maior problema de agora quase-candidato tucano? Errou quem disse as acusações fartamente documentadas contidas no livro “Privataria Tucana”, de Amaury Ribeiro Jr (como a maioria esmagadora do eleitorado acha que político é ladrão mesmo, as acusações do tipo não causam qualquer frêmito no cidadão). O obstáculo maior é a lembrança ainda vida na memória do eleitor paulistano da rasteira que levou do tucano em 2006, quando este abandonou a prefeitura para disputar o cargo de governador de São Paulo, mesmo tendo assumido diante das câmeras – e até assinado um documento – dizendo que terminaria o seu mandato (recorde aqui).

Assim, se tentar nacionalizar a eleição, Serra se verá diante das acusações de que, ao discutir as questões nacionais e não o buraco em Vila Olímpia, está mesmo é pensando em ser novamente candidato a presidente em 2014. Na verdade, quem deseja nacionalizar a campanha paulistana são os veículos de comunicação e os seus analistas políticos, babando pela enésima oportunidade de derrotar, nem que seja em pleito municipal, aquele a quem consideram o belzebu em forma de político, o Nove-Dedos.

Vamos ver se conseguem dessa vez.

2 comentários sobre “Nacionalmente paulistana

  1. Agora mesmo vi na TV o Ranolfe Rodrigues reclamando que PT e PSDB estão tentando nacionalizar a eleição paulista, fazer todas as atenções do Brasil se voltarem para Serra x Haddad. Ninguém explicou pra ele que São Paulo é a maior cidade do país, pelo jeito.

Os comentários estão desativados.