Matéria de interesse

Em matéria de séries para a TV, a minha atual fissura é “Person of interest“, produzida por J.J. “Lost” Abrams e que vai ao ar pela Warner, às terças, às 21h. Nela, um gênio dos computadores (Michael Emerson, também de Lost) foi contratado pelo governo norte-americano para desenvolver uma máquina reunisse dados de todo mundo visando prever atentados terroristas. O cara cumpre a tarefa e fica bilionário, mas acontece algo (que ainda não sabemos o que é), que faz com que ele crie uma “backdoor” aberta na máquina a fim de receber o número de seguro social de uma pessoa que estará em perigo de vida (ou porá alguém em perigo de vida). O bilionário, que é coxo, não faz nada por si, mas contrata um sócio (Jim Caviezel), um supertreinado ex-membro das tropas de elite dos EUA, dado como morto, para impedir os crimes que o governo considera “irrelevantes”.

Legal à beça….na TV, mas não quando a parte da vigilância vira verdade, como você pode ler aqui.

Anúncios