Boa pergunta e uma possível resposta

O “Panorama Esportivo”, do Globo, pergunta, com pertinência, por que o técnico Luís Felipe Scollari, do Palmeiras, acusado de bater em um fotógrafo, se acha acima do bem e do mal. Bem, talvez a resposta seja semelhante a que explica um jornalista da Veja se achar no direito de tentar invadir o quarto do José Dirceu.

Aliás, a repercussão dos tabefes supostamente desferidos pelo Felipão contra o fotógrafo foi infinitamente menor do que as vociferações do Dunga. A diferença é mole de explicar: Felipão bate em profissional de empresa pequena, Dunga brgava com os das Organizações Globo.