Deu zebra!

O Senado aprovou o PL-116 (ex-PL-29)! Caraca! Nem acredito! Ok, tucanos e demos, desde sempre aliados às forças retrógradas  – leia-se grandes grupos de mídia – vão entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o poder de fiscalização da Ancine (explico aí embaixo), mas tudo bem. O importante é que, agora, haverá chance de competição na TV paga, com a entrada das teles, a separação entre quem produz e quem distribui, e, principalmente, um grande incentivo para a produção audiovisual nacional.

Aliás, é por isso que tucanos e demos, esses arautos da modernidade, vão entrar com a Adin. Eles não querem que a Ancine tenha poder para fiscalizar o cumprimento da lei na questão das cotas. Ora, se ninguém tem responsabilidade pela fiscalização, como saber que a lei está sendo cumprida? Ou seja, o que o PSDB e o DEM desejam mesmo é que a lei “não pegue”. Por isso, Dilma não deve dar mole e sancionar o projeto do jeito que foi aprovado. Leia aqui os principais pontos do texto que vai à sanção presidencial.

3 comentários sobre “Deu zebra!

  1. Eu ouvi hoje cedo na CBN e imediatamente lembrei de você. Mas só não entendi uma coisa, pelo que ouvi as Teles poderão transmitir, mas não gerar conteúdo. Como então elas poderão competir com as TVs pagas que geram e transmitem conteúdo?
    abraços,

    • Pelo texto aprovado, quem gera conteúdo, não distribui. Assim, quem tem operações de dois lados, teria que abri mão de um deles. Isso atinge, basicamente, a Band, que tem a operação da TV Cidade. A Globo fica de fora porque ela tem uma programadora e essa tem que vender pra todo mundo em igualdade de condições, segundo decisão anterior da Anatel.

Os comentários estão desativados.