O que é mais ridículo?

Não consigo me decidir o que é mais patético: FHC qurendo parecer ainda relevante, usando uma causa meritória com a qual jamais teve comprometimento para atingir seu objetivo, ou O Globo se rebaixando a “house organ” do ex-presidente, querendo transformar seus 80 anos em data nacional? A Folha entrou no oba-oba, até com chamada na primeira, mas pequena e só hoje.

Do jeito que a coisa se encaminha, o Nove-Dedos ainda acaba dando mais uma lição ao (também) ex-“príncipe dos sociólogos”: o de como se comportar após ter saído do Planalto.

Um comentário sobre “O que é mais ridículo?

  1. FHC deu uma entrevista “exclusiva” ao Correio Braziliense. Se ainda faltava prova de sua irrelevância no cenário atual…

Os comentários estão desativados.