Fumaça nos olhos dos outros

Tudo bem, pode até ser que o Garotinho esteja por trás dessa greve dos bombeiros do Rio, como afirma O Globo. Mas, se for verdade, vejo um lado positivo: ao articular para que uma categoria de servidores públicos ganhe um aumento de 300%, ele, implicitamente,  abre mão de exercer qualquer outro cargo executivo no Estado. Afinal, não vai querer pagar a conta que ele mesmo criou, certo? Ela será paga por nós, no fim das contas, mas tendo a achar que será um dinheiro bem gasto se esse cidadão nunca mais for do governador ou prefeito de qualquer lugar.