Novidade é não ter novidades. Ou quase.

A Lei de Comunicação de Massa que está em gestação no atual governo e será deixada, de presente de Dia de Reis, para o próximo recupera quase todas as propostas sensatas sobre a questão da comunicação no Brasil, em seu aspecto mais amplo, mas não traz novidades maiores, com exceção de uma que não será aprovada: a proibição da políticos serem donos de meios de comunicação. Leia aqui.