Haja hipocrisia

Essa cobertura do aumento dos parlamentares é mais uma da loonga – e aparentemente interminável – série de coberturas hipócritas dos veículos brasileiros. Na boa, R$ 26 mil não é salário alto para quem tem como responsabilidade de fazer as leis de um país com quase 200 milhões de habitantes, a oitava economia do mundo, com PIB de mais de US$ 1 trilhão. Se eles não fazem o trabalho direito é culpa deles, óbvio, mas não só, certo? É também de quem os coloca lá e ainda de quem não cobra duramente que sejam competentes.

O problema não é o salário. Este poderia ser cinco vezes maior desde que os beneficiados não tivessem auxílio-moradia, auxílio-combustível, auxílio-gráfica…Auxílio-avião? Bem, esse tem na maior parte dos parlamentos do mundo, mas restrito à região de origem do parlamentar. O tipo de cobertura de cunho moralista-udenista da mídia cabocla apenas ajuda a manter a situação como está, pois consome-se numa revolta pequeno-burguesa, histérica e despolitizadora. Ou será que a ideia é essa mesmo?

Anúncios

2 comentários sobre “Haja hipocrisia

  1. Concordo totalmente. Presidente e ministros não podem mesmo ter o salário que tinham. O que enoja é ver a Câmara e Senado aprovarem em cinco minutos algo que os beneficia, e ignorar durante anos assuntos de interesse da população – entre tantas outras distorções. Enoja ver essa mesma postura corporativista no Judiciário. Enoja constatar que ainda prevalece na imprensa uma visão sensacionalista e despolitizada em relação a essa conduta. Enfim, são tantos nojos que acho melhor parar por aqui.

  2. Ao mesmo tempo, passa quase em branco o caso do link…

Os comentários estão desativados.