PEC-300: vai encarar?

Bem, depois dessa lição de competência que a policia fluminense está dando ao vivo para todo o Brasil (inclusive nas entrevistas), com que cara os governadores e o governo federal vão lutar contra a PEC-300? O que é a PEC- 300? Oras, é a proposta de unifica o piso nacional da polícia em cerca de R$ 4,5 mil para os praças e o dobro disso para os oficiais, botando ambos nas disposições transitórias da Constituição. Os governos dizem que o aumento – hoje, a média nacional fica aí em torno de R$ 1,8 mil – custará bilhões (quantos varia de uma para outra fonte).

5 comentários sobre “PEC-300: vai encarar?

  1. Se tudo que está na Constituição virasse verdade….

  2. Com o histórico que a polícia do Rio tem, está até difícil de acreditar. Mas, por tudo que li, está claro que vivemos um momento diferente. A conferir.

  3. Ivson, acho que só o Judiciário, que tem o privilégio de decidir o próprio salário, ousa almejar (e conseguir) reajuste nessas proporções.

  4. Já era:

    01/12/2010 18:01
    Vaccarezza: governo não vai votar PEC 300 e carreira do Judiciário

    O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), anunciou que, se forem incluídos na pauta, o governo não vai votar projetos que comprometam o próximo ano dos governos federal e estaduais. Ele citou como exemplos a PEC 300, que cria um piso salarial para os policiais, e o plano de carreira do Judiciário.

Os comentários estão desativados.