Trezentão

Trabalhei com o Paulo Whitaker, fotojornalista alvejado ontem na cobertura da batalha do Complexo do Alemão, no primeiro emprego dele aqui no Rio, na Folha. Gozava-o pelo sotaque paulistano e pelo sobrenome, tradicional em São Paulo. Gostava de chamá-lo de “Trezentos” –  a família era tradicional, mas chegara um pouco atrasada… Já naquele tempo era um dos paulistas mais cariocas que conhecia. Espero que continue sendo.

Boa recuperação, velho!