Recuo tático

Depois de derrotar o Estadão em todas as instâncias, Fernando Sarney abriu mão de continuar a ação na Justiça que impedia o jornal dos Mesquita de usar as informações vazadas pelo MP e pela PF sobre a Operação Boi Barrica. Está parecendo muito que houve um acordo entre os Sarney e os Mesquita, com estes podendo espinafrar à vontade Fernando, sua família, amigos e protegidos, desde que não se use os vazamentos. Essa hipótese tem apoio naquele inaudito editorial de que falei aqui, no qual o jornal joga a culpa de suas vicissitudes com a Justiça no Ministério Público.

Assim, creio que veremos o Estadão abrir manchetes cantando vitória, publicando matérias cheias de ataques, mostrando a influência dos Sarney na máquina pública, mas nada que seja lá muito substantivo ou não sabido. A conferir.