De Pernambuco para o muuuundo!!!

Não li pessoalmente, só o que saiu nos jornais, mas parece que o Nove-Dedos fez um belo discurso de candidato, ontem, em Copenhague, no fim da Conferência sobre o Clima. Hã? O discurso foi sobre meio ambiente e aquecimento global? É, o tema foi esse, mas serviu mesmo ao lançamento da candidatura de N-D a secretário-geral da ONU.

N-D tem a mesma preocupação com o meio ambiente que eu tenho com a colocação do Lagarto no Campeonato Sergipano de 2010 e inversamente proporcional à atenção que dedica à própria biografia. Assim, o discurso de ontem – e, de resto, toda a desenvolta movimentação entre chefes de Estado – deu oportunidade ao nosso malandro presidente de firmar-se como liderança entre os ambientalistas, que hoje, como se sabe, mandam em boa parte da mídia mundial.

O bom resultado da operação pôde ser medido até pelo noticiário interno, que – meio constrangidamente, é verdade – admitiu o sucesso do N-D, principalmente se comparado ao Barack Obama, que, coitado, tomou mais um baile do paraíba diante de uma platéia mundial. Outro indicador de que N-D se deu bem à beça na Dinamarca foi a irritação de Marina Silva e do Merval Pereira. Ambos ficaram injuriados com a cara de pau do conterrâneo de se mostrar tão verde quanto é corintiano diante dos gringos.

Merval, aliás, diz, corretamente, que a atuação de Lula ofuscou Dilmão. Ela realmente não leva o menor jeito para defensora de miquinhos, mas também não pode se queixar de que não teve chance de aprender como se faz política. Afinal, N-D lhe dá aulas práticas praticamente toda semana . De repente, o que falta, nesse caso do meio ambiente,  é alguém lhe explicar que esse lance de defender árvore e arara é a mais nova fronteira do capitalismo. Há trilhões de dólares voando por aí por causa disso e quem sabe ganhar dinheiro já está correndo atrás – Al Gore e Steve Jobs, parceiros na Apple, por exemplo, são sócios numa empresa de pesquisa, desenvolvimento e construção de usinas eólicas.

Claro que nem tudo são flores para N-D. Afinal, ao voltar ao Bananão, terá que encarar a aprovação, pela Câmara, da lei que deixa o Ibama a ver navios em se tratando de projetos de agroindústria. Mas, esperto como, é N-D sabe que é só ir empurrando com a barriga que o abacaxi para nas mãos de seu sucessor – uma inação fácil, já que 2010 será um daqueles anos que poderiam ser riscados do calendário em termos de Brasil por juntar carnaval, Semana Santa, Copa e eleição, sucessivamente. É só enrolar um pouco que o ano que está para chegar termina, ele passa a faixa para qualquer um e vai à luta para completar a biografia com um cargo ao qual nenhum brasileiro jamais almejou: mandachuva da ONU.

2 comentários sobre “De Pernambuco para o muuuundo!!!

  1. Como assim, nenhum brasileiro jamais almejou? FH deve ter emoldurada, pendurada numa sala secreta de sua fundação, uma fotomontagem em que ele aparece comandando a assembleia geral.
    🙂

  2. Pingback: Pesadelo da elite | Café da Manhã

Os comentários estão desativados.