Jornalismo na prática: caiu a ficha do Estadão?

O Estadão publica hoje matéria com o título “Governo amplia poder nas empresas” (leia aqui). Como sempre, o viés é autiestatista, mas até leve, para os  padrões hidrófobos do jornal dos Mesquita (amanhã ou depois, a bile deverá ser derramanda num editorial, mas isso é outra história).

Deve ser esperança tola de minha parte, mas quem sabe caiu a ficha no Estadão e o pessoal sacou que, eleja-se quem se eleger em 2010, a volta do Estado à economia brasileira, no papel de comando, vai continuar? Mesmo os tucanos Serra e Aécio são estatistas – o primeiro por convicção (uma vez Cepal, sempre Cepal) e o outro por tradição política -, sem falar, claro, em Dilma e Ciro.

Para piorar a situação do Estadão, as ações do Barack lá na sede do Império respaldam esse caminho. Ou sempre foi comum presidente dos EUA pressionar empresa privada a controlar gastos de salários?