O mineiro Graciliano

   Duas ótimas relacionadas com a posse do novo presidente lá da empresa:

   1. No discurso, o presidente citou alguns escritores – Gonçalves Dias, Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, Drummond. Após o fim da coletiva, naquela reunião regulamentar para se combinar o lide, duas coleguinhas conferiam os nomes:

   – Ele citou Graciliano Ramos, Gonçalves Dias, Drummond…Alguém mais?

   Antes que a outra respondesse, antecipou-se uma distraída coleguinha:

   – Essa é a nova diretoria?

   2. Essa saiu hoje no Valor, na matéria sobre a posse (página B9):

   ” (…) fez referências a grandes escritores mineiros como Guimarães Rosa. Carlos Drummond de Andrade, Graciliano Ramos (…)”

   Graciliano era alagoano.