É digno de reconhecimento o esforço de César Giobbi para parecer ridículo:

Tudo como dantes

Quem diz que a nova administração não tem fome de cargos? É tudo igual quando chega lá. O ministro José Dirceu, por exemplo, já assegurou para si assento nos conselhos da Itaipu Binacional e da Petrobrás. E conseguiu nomear seu amigo pessoal, Renato Duque, para a Diretoria de Serviços da Petrobrás, uma das mais importantes da estatal.

A Folha deu isto semana passada, e o PT descobriu que Zé Dirceu não poderia assumir a estatal, como está na Tereza Cruvinel hoje.

Lamentável.